Notícias

O que a sua empresa ganha ao investir em saúde e segurança no trabalho

Em pouco mais de 40 anos, o índice de acidentes de trabalho a cada 100 mil trabalhadores caiu 92% no Brasil. Com mais saúde e segurança, indústrias estão mais competitivas

Criado em 1972, o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho é um marco nas políticas de proteção do profissional no ambiente de trabalho. Em mais de quatro décadas, o Brasil avançou significativamente nas condições de segurança e saúde do trabalhador (SST) e a promoção do bem estar dos empregados passou a figurar entre os valores da indústria.

Para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a proteção à saúde e à segurança do trabalhador tem papel prioritário na agenda das relações do trabalho do Brasil e o setor não tem poupado esforços na gestão dos riscos e prevenção de acidentes no ambiente de trabalho.

Para se ter ideia de quanto avançamos, em 1972, o Brasil registrava 18.465 acidentes de trabalho a cada 100 mil trabalhadores. Em 2014, a Previdência Social registrou 1.420 casos a cada 100 mil trabalhadores, redução de 92% na incidência.

Para celebrar a data, a Agência CNI de Notícias listou seis benefícios das empresas que investem em SST:

1. Faz bem para o trabalhador
Cuidar do ambiente de trabalho diminui o nível de estresse e os casos de doenças ocupacionais. Pesquisa recente do SESI mostra que a preocupação com o bem-estar do trabalhador é o principal motivo para as empresas investirem em SST. Como resultado, o trabalhador se torna mais produtivo.

2. Reduz a frequência de acidentes
A redução nos casos de acidentes de trabalho é uma consequência importante de boas práticas de SST. E a indústria tem feito o dever de casa. Entre 2007 e 2013, o número de acidentes a cada 100 mil trabalhadores caiu 17% no Brasil. Na indústria, por sua vez, a queda na taxa acidentária foi de 22%*.

3. Diminui a ocorrência de doenças ocupacionais
Medidas de SST também são efetivas na redução das doenças decorrentes do exercício da profissão. Entre 2007 e 2013, o número de doenças ocupacionais caiu 41% no Brasil. Na indústria, a queda no indicador foi mais acentuada: 46%*.

4. Reduz as faltas no trabalho
Um trabalhador saudável e protegido por medidas adequadas de SST tende a se ausentar menos. Pesquisa do SESI mostra que 48% das empresas que investem em SST percebem redução no número de faltas. Além disso, 43,6% das empresas notam ganhos de produtividade.

5. Todo mundo está dando mais atenção
As boas práticas costumam se disseminar e com SST não é diferente. A pesquisa do SESI mostra que 71,6% das empresas industriais entrevistadas dão alta atenção às medidas de saúde e segurança. E, para 76,4% delas, o grau de atenção deve aumentar nos próximos cinco anos. Por que as empresas fazem isso? Além do aumento da produtividade, boa parte delas diz que investimentos em programas na área reduzem custos.

6. Faz bem para a imagem da empresa
É claro que um ambiente inseguro e insalubre prejudica o trabalhador e, por consequência, a empresa. Por isso, cuidar de SST e adotar medidas para além das obrigações legais são políticas que melhoram a imagem das empresas entre os trabalhadores e na comunidade.

*Os dados mais recentes da Previdência Social sobre a indústria são de 2013

Fonte: Agência CNI de Notícias, por Guilherme Queiroz.
Data: 27/07/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *